Receitas Super Chef: A legítima Floresta Negra!

Torta Floresta Negra – a legítima



Meus queridos leitores e leitoras,

Esta publicação vem recheada de muito simbolismo e carinho para você. Apresento-os a famosa e irresistível torta Floresta Negra, uma criação Alemã, originária da região de mesmo nome. 
É a mais fina de todas as tortas e também uma das mais caras mediante a seletividade, sofisticação e variedade de seus ingredientes. 
Está aí, passo a passo para você, mas você também poderá adquiri-la diretamente conosco, prontinhas - caso você só queira saborear esta e outras gostosuras de Natal - por nossos canais de contato (55xx21) 9819-4836 e 8080-2442, e-mail: shirleysantos.superchef@hotmail.com, e aproveitar para conhecer outras da linha Shirley Santos – Atelier Gastronômico.

Ingredientes - massa:

150g de manteiga sem sal 150g de açúcar peneirado
6 gemas coadas (para retirar a película)150g de chocolate em barra ralado
1 colher (sopa) bem cheia de fermento em pó
6 gotas de extrato de baunilha150g de farinha de trigo peneirada
6 claras batidas em neve
15 colheres (sopa) de Kirsch
15 colheres (sopa) calda marasquino
100g de amêndoas trituradas


Ingredientes – recheio:

150g de geléia de cerejas
300ml de chantilly feito com creme de leite fresco e batido
100g de cerejas ao marasquino picadas

Ingredientes - cobertura:

300 ml de chantilly feito com creme de leite fresco e batido 8 colheres (sopa) de lascas de chocolate
Lâminas de chocolate meio amargo
100g de cerejas ao marasquino escorridas

Modo de Preparo:

Bata a manteiga com açúcar até formar um creme fofo. Sem interromper o batimento do creme, insira as gemas, chocolate, fermento, baunilha e farinha de trigo e bata até obter uma mistura homogênea. Coloque a batedeira no mínimo de sua rotação e junte as claras em neve batendo o mínimo necessário para integrar massa e claras. Unte e enfarinhe uma forma redonda e asse a massa em forno bem aquecido em torno de 45min. Deixe a massa esfriar completamente, desenforme e parta-a em 3 camadas horizontais. Transfira a camada de baixo para uma folha de papel manteiga e umedeça-a com 1/3 do resultado da mistura do kirsch com a calda de marasquino. Passe uma leve camada de geléia. Distribua ½ do chantilly destinado ao recheio. Salpique ½ das amêndoas. Disponha a segunda fatia de bolo e repita todo o processo. Disponha a terceira camada e umedeça com o restante da mistura do kirsch com a calda de marasquino. Cubra toda a torta com o chantilly por cima e nas laterais. Pulverize as lascas de chocolate e enfeite com as cerejas e lâminas de chocolate. Leve a refrigeração até o momento de degustá-la.
A foto que você “saboreia” aqui em nossa coluna é a da versão Floresta Negra Exotic, recoberta por design de folhas confeccionadas com puro chocolate. Empresta uma beleza e charme incomparáveis a sua mesa de Natal e Réveillon.

Desejo a todos vocês uma noite de Natal iluminada, cheia de paz, família e muita alegria e um 2013 fantástico, fantástico!

Muitos brindes pela sorte e vida e até ano que vem!


Shirley Santos é Gestora Gastronômica e diretora do Buffet Shirley Santos - Atelier Gastronômico
Consultora de Marketing Empresarial e Gastronômico da
Marketnews Planejamento e Marketing Gastronômico (M/PMG.H),
Escritora e Blogueira
e-mail:shirleysantos88@hotmail.com

Receitas Super Chef: Rabanadas Festivas

Rabanadas Festivas



Queridos leitores e leitoras!



Vamos começar com nossas receitinhas festivas posto que o Natal já está aí.
A criação de nossa Rabanada Festiva foi inspirada na região do Minho – Portugal, a partir de suas celebradas "Fatia de Parida" que, curiosamente, recebe esta nomenclatura porque o prato dá “sustança à mulher”, depois do parto.
Esta receita também faz parte de um de nossos cardápios de natal e que já estão disponíveis para encomendas em nosso site da Shirley Santos - Atelier Gastronômico (http://shirleysantosateliergastronomico.blogspot.com), caso você só queira saborear esta e outras gostosuras de Natal!


Ingredientes:

1 kg de açúcar
300 ml de água mineral
5 lascas de canela em pau
1 colher (cafezinho) de casca de limões raladas no momento de uso
1 colher (sopa) manteiga com sal
1 colher (sopa) de mel
1 pitada de sal

12 gemas peneiradas (sem as películas)2 cálices de vinho do Porto.
1 bisnaga dormida
1 anis estrelado
5 cravos da índia
1 fava de baunilha
6 grãos de pimenta rosa
1 faixa de gaze
Linha branca para amarrar

Modo de Preparo:


Prepare uma calda rala com 1/3 do açúcar indicado na receita, 2/3 da água indicada na receita, canela, cascas de limão. Dois minutos após levantar fervura, acrescente a manteiga, mel e sal. Deixe apurar o ponto. Retire da chama, acrescente o vinho do Porto, misture e reserve. Bata rapidamente as gemas e reserve. Corte o pão em fatias grossas e reserve. Em frigideira ampla faça uma segunda calda com os outros 2/3 de açúcar e 1/3 de água restante e apure até obter ponto de calda ralinha. Passe o pão fatiado na primeira calda, depois nas gemas e diretamente para a 2ª calda que está fervendo na frigideira e deixe-as dourar. Disponha as rabanadas em compoteira. Junte ambas as caldas, deixe levantar fervura. Amarre dentro da gaze o anis estrelado, cravos, baunilha e pimenta rosa, coloque na fervura da calda por 1 minuto e despeje imediatamente sobre as rabanadas. Deixe-as repousando por 48 horas nesta infusão. Retire o saquinho de temperos e delicie-se!

Uma harmoniosa e próspera semana para vocês e até a próxima edição!






Shirley Santos é Gestora Gastronômica e diretora do Buffet Shirley Santos - Atelier Gastronômico
Consultora de Marketing Empresarial e Gastronômico da
Marketnews Planejamento e Marketing Gastronômico (M/PMG.H),
Escritora e Blogueira
e-mail:shirleysantos88@hotmail.com

Receitas Super Chef: Mungunzá

Mungunzá



Em 20 de novembro de 1695, nos idos do Brasil Colonial morria em combate pela luta do negro contra a escravidão e defendendo seu povo e sua comunidade, Zumbi. 
Após três séculos, em 2003, um projeto de lei cria o Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado no mesmo dia 20 de novembro em homenagem a sua morte. 
A cozinha negra modificou receitas e costumes de pratos europeus e é uma das origens da nossa cozinha brasileira.

É em homenagem a data que trazemos a receita da semana!


Ingredientes:


500g de milho branco (a conhecida canjica)
1 colher de sopa de manteiga
3 lascas de canela (grandes)
6 cravos
5 estrelas de anis (opcional)
1 pitada de sal
1 xícara (chá) leite desnatado
1 lata de leite condensado
2 cocos ralados grosso
20x10cm de gaze e linha de algodão branca para amarrar
Cubos de paçoca para decoração (opcional)

Modo de Preparo:

Coloque o milho de molho em água fria por 16 horas. Escorra e cozinhe em panela de pressão, apenas com água, por 30min e em chama baixa, contados a partir do momento que a panela começar a apitar. Desligue a chama e deixe esfriar o cozimento, escorrendo em seguida toda a água.
Em outra panela derreta a manteiga, junte a canela, cravos, anis e sal e dê uma leve refogada. Retire-os e amarre-os dentro da gaze formando uma trouxinha amarrada com a linha branca (não use coloridas para não haver o risco de soltar pigmentos no alimento) e volte à trouxinha para a panela. Acrescente o leite e assim que levantar a fervura adicione o leite condensado, coco ralado e o milho, mexendo continuamente com espátula de silicone em fogo médio por uns 10min. Retire a trouxinha de condimentos e descarte. Fica um resultado aromático e cremoso e você tanto pode servir imediatamente, com fatias de paçoca e também pulverizado de canela em pó e quente, como pode acondicionar em taças para consumo individual, dispor as fatias de paçoca e cobrir com filme PVC e manter refrigerado para consumo gelado. Uma outra dica que fica uma delícia é pulverizar cacau em pó ou chocolate meio amargo ralado grosso por cima. 
É assim que fazemos em nosso Buffet Shirley Santos  - Atelier Gastronomico  (http://shirleysantosateliergastronomico.blogspot.com). 
Saboreiem!

Que sua semana seja recheada de muita prosperidade. Até semana que vem com mais saborosas receitas criadas especialmente para você!


Shirley Santos é Gestora Gastronômica e diretora do Buffet Shirley Santos - Atelier Gastronômico
Consultora de Marketing Empresarial e Gastronômico da
Marketnews Planejamento e Marketing Gastronômico (M/PMG.H),
Escritora e Blogueira
e-mail:shirleysantos88@hotmail.com


Nossa estréia na Revista Interativa!

Olá meus queridos e queridas!!!

Publicação de informação muito, muito atrasada, porém compartilhada de coração, hoje, com vocês!

Desde Setembro de 2012, estamos colaborando com o sucesso da "Revista Interativa", acolhendo com grande honra o convite realizado diretamente por seu Editor-Chefe para fazermos parte do time!

O convite ocorreu após a agradabilíssima entrevista concedida para a edição de Agosto de 2012 (abaixo), para a assinatura de duas colunas na revista - uma sobre gastronomia e, outra, sobre negócios em geral (minha outra área de atuação, além da gastronomia, para quem não sabe!) e me deixou muito, extremamente feliz, por tais presentes!

Muito obrigada a todo o time da Revista Interativa, por todo o carinho e acolhida; e obrigada a vocês, leitores e colaboradores, que estão aqui conosco!

Sorte, saúde, sol e sucessos, sempre, a todos vocês, e até a próxima edição (que já saiu!) com nossas primeiras matérias!

Um fraterno abraço e até breve!



 

Receitas Super Chef: Esse é foooofooooo mesmo!!!

Bolo de Chocolate Fofíssimo




Olá leitores e leitoras,

Já percebeu como é comum você degustar alguma receita e ao tentar reproduzi-la, com os mesmíssimos ingredientes e das mesmas marcas utilizadas e não alcançar o mesmo resultado? 

O segredo está na forma de preparo!


Veja abaixo esta forma que criamos e testamos na cozinha experimental da Shirley Santos - Atelier Gastronômico (http://shirleysantosateliergastronomico.blogsot.com) e perceba a diferença e sabor desta receita que foi criada em homenagem aos “pimpolhos”. 


Dia 12 de outubro comemoramos a alegria de ser criança. Aproveite a data e prepare esta receita com seus filhotes e convidando a criança que existe dentro de você para auxiliar na hora de preparar e “lamber” o restinho da massa que fica na tigela de preparo!

Ingredientes - Massa:





5 gemas
2 xícaras (chá) de açúcar
2 colheres (sopa) de margarina
2 xícaras de farinha de trigo
100g de cacau em pó
1 xícara de leite em temperatura ambiente
5 claras em neve
1 colher (café) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de fermento em pó

Ingredientes - Cobertura:

100g barra de chocolate ao leite
100g de cacau em pó
1 colher (sopa) margarina
5 colheres (sopa) de leite em pó
50ml de leite

Modo de Preparo - Massa:

Passe as gemas por peneira para retirar a película e bata juntamente com o açúcar e margarina por 5 minutos até formar um creme fofo. Peneire juntos, a farinha de trigo e cacau e acrescente aos poucos ao creme, intercalando com o leite e sempre batendo. Bata as claras em neve. Peneire juntos o bicarbonato e o fermento sobre as claras e volte a batê-las. Haverá um crescimento de volume e, neste momento, acrescente as claras à massa e continue batendo com leveza até que a mistura fique homogênea. Unte um tabuleiro e asse por 30 a 40 minutos em forno médio (isso dependerá de seu forno. Observe a evolução do cozimento).

Modo de Preparo - Cobertura:

Misture todos os ingredientes em recipiente próprio para microondas. Leve ao micro por 30 segundos. Retire, misture e volte por mais 30 segundos. Repita a operação a cada 30 segundos até que a mistura esteja completamente homogênea. Assim que retirar o bolo do forno, jogue a cobertura bem quente sobre ele e, agora, é só se deliciar!






Shirley Santos é Gestora Gastronômica e diretora do Buffet Shirley Santos - Atelier Gastronômico
Consultora de Marketing Empresarial e Gastronômico da
Marketnews Planejamento e Marketing Gastronômico (M/PMG.H),
Escritora e Blogueira
e-mail:shirleysantos88@hotmail.com

Receitas Super Chef: Flores e Tangerina!

Salada Multicolor de Flores e Tangerina




Olá leitores e leitoras,


É Primavera! E uma das mais coloridas e alegres estações do ano traz com ela  inspirações para os cardápios criados com as flores comestíveis.
As espécies são muitas, mas muito cuidado com a sua seleção para o preparo de pratos doces e salgados. O importante aqui é ficar claro que as flores utilizadas na alimentação não são essas vendidas em floriculturas, pois são tratadas com produtos químicos que podem trazer sérios danos para a saúde.


Flores comestíveis devem ser adquiridas de produtores especializados, que não utilizam qualquer tipo de agrotóxico ou tratamento químico em seu cultivo.


No mais é saborear o espetáculo, beleza e sabores inusitados que elas proporcionam. Um brinde!


Ingredientes - Salada:

4 folhas de alface americana

1/2 manga pouco madura cortada em lâminas
1 cenoura crua cortada em rodelas finas
½ mini pepino pequeno em rodelas finas
½ pimentão pequeno vermelho
½ pimentão pequeno verde
12 mini tomates
4 folhas de abóbora nova orgânica
8 flores de amor-perfeito
8 flores de Capuchinha



Ingredientes - Molho de Tangerina:


100 ml de suco de tangerina fresco e coado
200 ml de azeite de oliva extra-virgem
3 colheres (sopa) de licor de laranja
1 colher (café) de sal
1 colher (café) de pimenta rosa moída na hora de uso



Modo de preparo – salada e molho:


Lave todos os ingredientes da salada e deixe-os em imersão em água mineral na parte baixa do refrigerador por 3 horas. Retire, escorra-os bem, rasgue as folhas e monte a salada da seguinte forma: disponha a alface em camadas seguido das lâminas de manga, cenoura, pepino, pimentões, mini tomates e folhas de abóbora. Regue com o molho de tangerina (bata todos os ingredientes em liquidificador por 3 minutos) e decore com as flores de amor-perfeito e capuchinha.
E está pronta a sua deliciosa e exótica salada.


Uma florida e ensolarada semana para você e sua família e até a próxima semana com mais novidades para você!





Shirley Santos é Gestora Gastronômica e diretora do Buffet Shirley Santos - Atelier Gastronômico
Consultora de Marketing Empresarial e Gastronômico da
Marketnews Planejamento e Marketing Gastronômico (M/PMG.H),
Escritora e Blogueira
e-mail:shirleysantos88@hotmail.com

Datas Comemorativas: Dia Internacional da Cerveja!


Dia Internacional da Cerveja




O Dia Internacional da Cerveja comemorado em 5 de Agosto foi inventado em 2007 em Santa Cruz na Califórnia.

Tem três propósitos declarados:

* Estar com amigos para saborear a cerveja
* Celebrar com responsabilidade
* Ter o sentido de união mundial com outros comemoradores com cervejas de todas as nações e culturas

Popularidade

Dia Internacional da cerveja começou como uma celebração no bar dos fundadores locais, mas desde então se expandiu para se tornar um evento mundial.

Celebrações estão previstas em todos os Estados Unidos, bem como em Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Inglaterra, França, Grécia, Honduras, Hong Kong, Hungria, Índia, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Letônia, Líbano, Lituânia, Macedônia, Malásia, México, Nova Zelândia, Nicarágua, Noruega, Peru, Polônia, Portugal, Puerto Rico, Romênia, Cingapura, Eslováquia, Eslovênia, África do Sul, Sri Lanka, Tailândia, Filipinas, Turquia, Emirados Árabes Unidos, Uruguai, Vanuatu e Venezuela.

E Vamos comemorar!!!!

Negócios: Bolívia expulsa Coca-Cola e anuncia falência do McDonald’s


Ministro de Evo Morales disse que expulsão ‘é parte das comemorações para celebrar o fim do capitalismo’

A Bolívia resolveu expulsar a Coca-Cola do país, com o argumento de que o refrigerante está associado a infartos, derrame, câncer e, claro, capitalismo. O governo do país também anunciou a falência do McDonald’s por lá.



Segundo a Agência Venezuelana de Notícias (AVN), o ministro das relações exteriores boliviano, David Choquehuanca, afirmou em um programa de televisão que a expulsão ocorrerá em 21 de dezembro, “em sintonia com o fim do calendário Maia e será parte das comemorações para celebrar o fim do capitalismo e o começo da cultura da vida”.
Em substituição à Coca-Cola, o ministro defendeu o consumo da bebida mocochinche (refresco de pêssego).
Quanto à rede de fast food McDonald’s, David Choquehuanca comemorou que a empresa fechará suas oito lojas na Bolívia, após 14 anos em atividade, por não conseguir resultados positivos.


SIC * Óhhhhhh Céusssss!!!!!!! E agora, Ronald??? De que agora, as mães bolivianas, irão "empanturrar" as suas crianças sem estes dois ícones da saúde e bem-estar??? Óhhh Deus!!!
Acho que nem adianta rezar...

Marketing & Negócios: Nike e as Olimpíadas de Londres... Eu apoio!

Minha opinião: causando polêmica, ou não. Sendo estratégia de marketing de emboscada, ou não. O fato é que a ferramenta de comunicação e a psicologia estão muito bem orquestradas e fazem bem ao corpo, alma e espírito de quem assiste ao vídeo. Isso é geração de satisfação e bem-estar a raça humana, e eu apoio! Parabéns pela mensagem, inteligência e conteúdo.


A Nike lança nesta quarta-feira, 25, um comercial que promete gerar muita polêmica diante das rígidas regras do Comitê Olímpico Internacional (COI) sobre o chamado marketing de emboscada. Embora os Jogos Olímpicos tenham patrocínio da rival Adidas, o anunciante se arrisca e lança o filme “Find Your Greatness”, criado pela Wieden+Kennedy de Portland, com auxílio da Remix Southamerica, de Buenos Aires.


Na peça (confira abaixo), a Nike não faz qualquer citação dos termos “Jogos Olímpicos”, mas a ligação está mais do que clara. Ela defende que as pessoas precisam encontrar sua grandeza, algo que não está restrito apenas a um lugar (Londres) ou uma pessoa (um medalhista) e melhorar sua condição atual, seja ela qual for. Trata-se de uma grande homenagem aos atletas amadores, que aparecem em diversas “Londres” do mundo, seja na cidade de London no estado americano de Ohio, seja na East London da África do Sul, seja na Little London da Jamaica ou em uma academia chamada London Gym. 


O filme tem produção grandiosa aos moldes de “Best Job in The World”, criado pela própria agência para ativar o patrocínio olímpico da P&G. Ou seja: além do anunciante, a agência também assume o grande risco de criar peças tanto para uma campanha “oficial”, quanto para uma campanha “de emboscada”. Sem contar que há algumas semelhanças entre as peças, como a narrativa que aposta no “por trás das cenas” dos atletas, mostrando o esforço que os torna grandes. Sejam os medalhistas da P&G, sejam os amadores de Nike.


A peça traz ainda mensagens que podem ser lidas como hostis aos Jogos: “grandeza não precisa de estádios”, e “grandeza não precisa de um hino próprio”. E conclui: “a grandeza é para todos nós”.


Como polêmica pouca é bobagem, a campanha terá um complemento no Reino Unido, justamente a casa dos Jogos Olímpicos deste ano, cuja cerimônia de abertura ocorre na sexta-feira, 27: outdoors estamparão atletas amadores de basquete, tênis, corrida e outros esportes e serão expostos em lugares de muita frequência em Londres, como Oxford Circus e Piccadilly Circus. Agora, é aguardar as reações dos concorrentes e do COI.


Hospitalidade: Abertura das Olimpíadas de Londres dá início oficial ao evento nesta sexta-feira ás 17h


Organização das Olimpíadas realiza último ensaio para a Cerimônia de Abertura dos Jogos de Londres-2012


Nesta sexta-feira (27) começa em Londres “o maior espetáculo da Terra” — como os Jogos Olímpicos são chamados. As competições serão mostradas com exclusividade em TV aberta pela Rede Record. A audiência mundial deve alcançar 4,8 bilhões de espectadores — mais da metade da população do planeta.

Durante os 17 dias de competições, cerca de 10 mil atletas, de mais de 200 países, serão protagonistas do grande evento. Estrelas como o velocista Usain Bolt, o nadador Michael Phelps, o tenista Roger Federer, os astros da NBA irão competir em Londres. O Brasil conta com 259 atletas e, apesar de alguns desfalques de última hora, mantém a expectativa de ao menos igualar a quantidade de medalhas de Pequim 2008: 15, sendo três de ouro, quatro de prata e oito de bronze.

A Cerimônia de Abertura dos Jogos, com início previsto para as 17h de Brasília, 21h em Londres e três horas de duração, deverá ser acompanhada no Estádio Olímpico por cerca de cem chefes de Estado, entre eles a presidente Dilma Rousseff, que hoje é uma das estrelas do cenário político-econômico internacional e foi recebida com todas as honras na capital inglesa. Londres gastou 9 bilhões de libras esterlinas e quer lucrar 16 milhões com os Jogos Olímpicos.

Sobre a cerimônia, os organizadores britânicos liberaram apenas algumas informações, como a participação de Paul McCartney, apresentações baseadas em peças de William Shakespeare e o toque de um sino, que é o maior da Europa. Daniel Craig, ator dos filmes de James Bond, e até mesmo a rainha Elizabeth devem comparecer.

Diante do início do espetáculo, o atraso de obras perde importância, assim como o desfalque na segurança contratada, que mobilizou tropas militares para atuar em revistas, além de realizar o policiamento. Há mais soldados das forças armadas britânicas em Londres — 18.200 (foram convocados mais 1.200 nesta semana, para o trabalho de 12 horas diárias) do que no Afeganistão, que está com 9.500.

Salto para o Rio 2016

Nas palavras de Marcus Vinícius Freire, superintendente técnico do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Londres-2012 será o grande salto na área esportiva para o País se consolidar entre os top 10 do mundo na edição dos Jogos do Rio de Janeiro 2016.

Para isso, os atletas estão contando com um apoio multidisciplinar nunca visto que inclui alojamento no Crystal Palace para treinamentos exclusivos, restaurante “com arroz e feijão” e equipe de edição de vídeos de todas as competições exibidas em 40 canais ao vivo. Os atletas e seus técnicos, em intervalo de lutas, por exemplo, têm imagens de adversários para traçar estratégias.

Analistas e matemáticos internacionais estão até mais otimistas que o COB em relação a expectativas de medalhas do Brasil, com previsões de mais 20 - cerca de seis de ouro. Há chances do vôlei e do vôlei de praia, nas categorias feminina e masculina, assim como no futebol; no basquete masculino, handebol feminino. E ainda judô e vela, esportes que tradicionalmente conquistam medalhas (a judoca Sarah Menezes, da categoria até 48 kg, pode conquistar a primeira medalha para o País neste sábado, 28). Leandro Guilheiro, Tiago Camilo, Mayra Aguiar são outros dos destaques brasileiros.

Natação, com Cesar Cielo, recordista mundial dos 50 m e dos 100 m livre, e atletismo, com Fabiana Murer no salto com vara e mesmo o revezamento feminino 4x100 m, também apresentam possibilidades de medalha. O boxe também pode ser uma boa surpresa, com o campeão mundial Éverton Lopes, assim como o pentatlo moderno, com Yane Marques.

O R7 transmite os Jogos Olímpicos de Londres em cinco canais exclusivos, 24 horas. E durante os Jogos, além da transmissão ao vivo e com sinais exclusivos, você encontra no portal os vídeos de todos os melhores momentos da maior disputa esportiva do mundo. Até o dia 12 de agosto, Olimpíada é no R7, Record e Record News, os canais oficiais de Londres.

Fonte: Portal R7

Mas que ausência, hein?!

Meus queridos amigos e amigas!


Nossa! Como o tempo "desaparece" e nem sempre nos damos conta! 
Céus! Desde Dia das Mães que não nos "vemos"!
Mas, hoje, me auto-intimei a parar tudo e voltar as nossas divertidas e deliciosas conversas por aqui, para comentar sobre o que aconteceu!
Minha filha (meu bebê, minha menininha, minha princezinha...) se casou!!!


Dá para imaginar só a loucura, a correria, a confusão, o cansaço, o turbilhão emocional e tudo o mais que uma situação destas causa na vida de uma mãe???  
E se esta "mãe" ainda, de quebra,  for a cerimonialista, planejadora, organizadora, produtora e desenvolvedora do conceito, decoradora, chef do buffet, "adivinhadora, tradutora e realizadora" de cada um dos detalhes do que quer dizer um "casamento estilo rustico romântico"(depois de receber toneladas, quilômetros, de fotos, links, inspirações de milhares de casamentos realizados ao redor do mundo...) sequenciado da frase: "mãe, eu quero, eu preciso de tudo PERFEITO!", e tudo o mais que uma ocasião destas requer??? ...
Só conto uma coisinha para vcs: é COMPLETAMENTE DIFERENTE de se fazer um evento igual, ou até maior (foram 200 convidados) com ligação especificamente profissional. Confesso que "pirei na batatinha", ensandeci, ainda mais na hora real do casamento, rsrsr!!! 
E olha que o que não me faltam são experiência, prática, e estrada em grandes e importantes eventos, hein?!





Isso sem falar em um Chá de Cozinha x Chá Bar x aniversário dela e do noivo, tudo junto, na mesma data, e com o tema "Maria Antonieta" (a polêmica Rainha da França)?! Outro exercício enorme de tradução (e adivinhação do que se passava na cabeçinha e desejos dela!)





Uma maravilhosa, doida e linda maratona que está rendendo até agora, mas que minha linda filha - e meu querido genrinho! - merecem tudo isso e muito, muito mais! Ainda mais depois de receber o melhor "pagamento" do mundoooo que alguém poderia receber: um carinhoso, apertado, demorado e emocionado abraço, com muitos beijos, lágrimas, emoção e todo o amor de minha filha me agradecendo por ter realizado cada um dos desejos e sonhos dela... 

Estou, ou não, perdoada pelo longo sumiço?!


Desejo a todos uma ótima semana e deixo aqui o compromisso de voltarmos a rotina e organização de nosso blog e conversas!


Um fraterno abraço e ótimo domingo a todos vcs!

Curiosidades Gastronômicas: A origem do Bolo de Rolo


A origem do "Bolo de Rolo"


Ele é uma das mais apreciadas iguarias da culinária de Pernambuco e já ganhou mundo.
Sua massa finíssima, sempre molhadinha, com o aspecto refinado o distingue dos rocamboles. Seu parente próximo, de onde surge sua adaptação, é do 'Colchão de Noiva' português.

A Corte Portuguesa ao se instalar no que hoje denominamos de “Brasil”, pois naquela época ainda era “Ilha de Vera Cruz”, por necessidades e falta de oferta de produtos das receitas portuguesas originais, teve que adaptar costumes e ingredientes que não estavam habituadas a usar onde conhecem, dentre outros, a goiaba.

Assim nasce no Nordeste o Bolo de Rolo, a partir de adaptação do "colchão de noiva" português, trocando na receita original o seu recheio de amêndoas por um de goiaba em calda cremosa.
E passou-se a enrolar esse bolo em camadas cada vez mais finas. Como um rolo.
O nome vem daí.

A receita é a mesma, em todos os estados nordestinos, mas o de Pernambuco é diferente de todos os outros, pela maneira de fazer.
Sobretudo pela delicadeza no jeito de enrolar as camadas suas lâminas.


Shirley Santos é Gestora Gastronômica de Shirley Santos - Soluções em Eventos & Atelier Gastronômico (http://shirleysantosateliergastronomico.blogspot.com).
Consultora de Marketing Empresarial e Gastronômico pela M.PMG/H (http://mpmgh-marketnews.blogspot.com)
Palestrante, Professora, Orientadora empresarial & Coach, Escritora, Colunista Jornalística e Blogueira (http://gestaonahospitalidade.blogspot.com).

Uma das 10 Super Chefs da edição 2011, do programa "Mais Você", na Rede Globo
e-mail:shirleysantos88@hotmail.com

Receitas Super Chef: Bolo de Rolo


Bolo de Rolo






Ingredientes: 

250g de manteiga 
Açúcar granulado o quanto baste 
Água, conhaque ou vinho branco para derreter a goiabada 
½ lata de goiabada (bem macia) ou 300g de goiabada já cremosa 
6 ovos 
250g de farinha de trigo 
210g de açúcar 

Modo de preparo: 

Bata o açúcar juntamente com a manteiga até obter um creme bem claro. Acrescente os ovos, um a um, (gemas sem as peles) sempre batendo a cada adição. 
Retire da batedeira e com uma espátula de silicone (pão duro) envolva a farinha de trigo previamente peneirada, combinando tudo delicadamente para obter uma massa leve. 
Triture a goiabada e derreta-a com a água ou bebida de sua preferência. Reserve em lugar aquecido. 
Unte com manteiga e polvilhe de farinha de trigo três assadeiras. 
Distribua uniformemente em cada assadeira, seis colheres da massa (uma em cada conto e duas no meio), tomando como medida a colher de servir arroz. A camada de massa deve ficar bem fina. 
Leve ao forno pré-aquecido, uma assadeira por vez, por mais ou menos 10 minutos. A massa não deve ficar corada. 
Toque com o dedo e se estiver firme retire do forno e vire sobre um guardanapo polvilhado com o açúcar cristal. 
Distribua uma parte da goiabada derretida sobre o bolo e com o auxílio do guardanapo, enrole pela largura como um rocambole bem apertadinho. Reserve. Proceda da mesma forma com a 2ª assadeira. Depois de retirar do forno, vire sobre o guardanapo e recorte as beiradas, espalhe a goiabada, encoste o começo do bolo onde termina o 1ª rocambole e enrole, um por cima do outro. 
Repita a operação até terminar a massa usando as mesmas assadeiras, lavadas e untadas novamente (rende umas cinco a seis assadeiras). Quando colocar a última camada, enrole no guardanapo e deixe reservado por cerca de umas duas horas ou até o bolo ficar completamente frio. 
Transfira para um prato de serviço, polvilhe mais açúcar e sirva cortando em fatias. 
Delicioso acompanhado por sorvete de Vanille! 

Uma produtiva e iluminada semana para você. 
Sorte, saúde e sucesso, sempre. Até breve!




Shirley Santos é Gestora Gastronômica de Shirley Santos - Soluções em Eventos & Atelier Gastronômico (http://shirleysantosateliergastronomico.blogspot.com).
Consultora de Marketing Empresarial e Gastronômico pela M.PMG/H (http://mpmgh-marketnews.blogspot.com)
Palestrante, Professora, Orientadora empresarial & Coach, Escritora, Colunista Jornalística e Blogueira (http://gestaonahospitalidade.blogspot.com).

Uma das 10 Super Chefs da edição 2011, do programa "Mais Você", na Rede Globo
e-mail:shirleysantos88@hotmail.com

Receitas Super Chef: Torta Especial Dia das Mães!

Queridos leitores e leitoras!

Para esta semana nada de receitas complicadas, cheia de detalhes e demoradas porque, afinal, quanto mais tempo tivermos para ficar bem juntinho dela, melhor. É Dia das Mães, uma data cheia de histórias e cultura, recheada de muito carinho e união. Então resolvemos preparar esta prática e bela receita para que você faça nesta especial data e se delicie junto a família, ainda com mais um detalhe: é sem glúten!





Torta Especial de Frango e Variedades


Ingredientes - massa:


3 ovos inteiros
1 xícara (chá) de água mineral sem gás
½ xícara (chá) de óleo de canola
1 xícara (chá) de creme de arroz ou farinha de arroz
1 colher (sopa) de maisena
1 colher (sopa) de fermento biológico
1 colher (café) de sal marinho

Ingredientes - recheio:


400g de peito de frango cozido e desfiado
100g de palmito bem picadinho
100g de ervilhas em lata
100g de milho verde em lata
Cheiro verde bem picadinho
50g de queijo parmesão ralado no momento de utilização



Modo de fazer – massa e recheio:

Coloque todos os ingredientes no liquidificar e bata até um resultado homogêneo. Unte uma forma com margarina polvilhe farinha de arroz. Disponha metade da massa na forma, e na seqüência disponha em camadas o frango, palmito, ervilhas, milho e cheiro verde, terminando com a outra metade da massa. Leve ao forno médio até dourar.

Um Feliz Dia das Mães para todos, uma semana muito produtiva e alegre, e até a próxima edição!
Shirley Santos é Gestora Gastronômica e diretora do Buffet Shirley Santos - Atelier Gastronômico
Consultora de Marketing Empresarial e Gastronômico da
Marketnews Planejamento e Marketing Gastronômico (M/PMG.H),
Escritora e Blogueira
e-mail:shirleysantos88@hotmail.com

Curiosidades das Datas Festivas - Dia do Trabalhador


O Dia do Trabalhador é celebrado anualmente no dia 1º de Maio em numerosos países do mundo, sendo feriado no Brasil, em Portugal assim como em muitos outros países. No Brasil também chamado Dia do Trabalho.

Em 1886, realizou-se uma manifestação de trabalhadores nas ruas de Chicago nos Estados Unidos da América.
Essa manifestação tinha como finalidade reivindicar a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias e teve a participação de milhares de pessoas. Nesse dia teve início uma greve geral nos EUA . No dia 3 de Maio houve um pequeno levantamento que acabou com uma escaramuça com a polícia e com a morte de alguns manifestantes. No dia seguinte, 4 de Maio, uma nova manifestação foi organizada como protesto pelos acontecimentos dos dias anteriores, tendo terminado com o lançamento de uma bomba por desconhecidos para o meio dos policiais que começavam a dispersar os manifestantes, matando sete agentes. A polícia abriu então fogo sobre a multidão, matando doze pessoas e ferindo dezenas. Estes acontecimentos passaram a ser conhecidos como a Revolta de Haymarket.
Três anos mais tarde, a 20 de Junho de 1889, a segunda Internacional Socialista reunida em Paris decidiu por proposta de Raymond Lavigne convocar anualmente uma manifestação com o objetivo de lutar pelas 8 horas de trabalho diário. A data escolhida foi o 1º de Maio, como homenagem às lutas sindicais de Chicago. Em 1 de Maio de 1891 uma manifestação no norte de França é dispersada pela polícia resultando na morte de dez manifestantes. Esse novo drama serve para reforçar o dia como um dia de luta dos trabalhadores e meses depois a Internacional Socialista de Bruxelas proclama esse dia como dia internacional de reivindicação de condições laborais.
Em 23 de Abril de 1919 o senado francês ratifica o dia de 8 horas e proclama o dia 1 de Maio desse ano dia feriado. Em 1920 a Rússia adota o 1º de Maio como feriado nacional, e este exemplo é seguido por muitos outros países. Apesar de até hoje os estadunidenses se negarem a reconhecer essa data como sendo o Dia do Trabalhador, em 1890 a luta dos trabalhadores estadunidenses conseguiram que o Congresso aprovasse que a jornada de trabalho fosse reduzida de 16 para 8 horas diárias.



Dia do Trabalhador no mundo

Alguns países celebram o Dia do Trabalhador em datas diferentes de 1 de Maio:

Austrália: A data de celebração varia de acordo com a região: 4 de Março na Austrália Ocidental, 11 de Março no estado de Vitória, 6 de Maio em Queensland e Território do Norte e 7 de Outubro em Canberra, Nova Gales do Sul (Sydney) e na Austrália Meridional.


Estados Unidos da América: Celebram o Labor Day na primeira segunda-feira de Setembro



Dia do Trabalhador no Brasil

Até o início da Era Vargas (1930-1945) certos tipos de agremiação dos trabalhadores fabris eram bastante comuns, embora não constituíssem um grupo político muito forte, dada a pouca industrialização do país. Esta movimentação operária tinha se caracterizado em um primeiro momento por possuir influências do anarquismo e mais tarde do comunismo, mas com a chegada de Getúlio Vargas ao poder, ela foi gradativamente dissolvida e os trabalhadores urbanos passaram a ser influenciados pelo que ficou conhecido como trabalhismo.
Até então, o Dia do Trabalhador era considerado por aqueles movimentos anteriores (anarquistas e comunistas) como um momento de protesto e crítica às estruturas sócio-econômicas do país. A propaganda trabalhista de Vargas, sutilmente, transforma um dia destinado a celebrar o trabalhador no Dia do Trabalhador. Tal mudança, aparentemente superficial, alterou profundamente as atividades realizadas pelos trabalhadores a cada ano, neste dia. Até então marcado por piquetes e passeatas, o Dia do Trabalhador passou a ser comemorado com festas populares, desfiles e celebrações similares. Atualmente, esta característica foi assimilada até mesmo pelo movimento sindical: tradicionalmente a Força Sindical (uma organização que congrega sindicatos de diversas áreas, ligada a partidos como o PTB realiza grandes shows com nomes da música popular e sorteios de casa própria.
Aponta-se que o caráter massificador do Dia do Trabalhador, no Brasil, se expressa especialmente pelo costume que os governos têm de anunciar neste dia o aumento anual do salário mínimo.



Dia do Trabalhador na Bahia

A comemoração do dia do trabalhador foi proibida na Bahia até 1980, tendo sido até então o único estado brasileiro que não comemorava essa data. Os baianos estavam proibidos de celebrar o 1º de Maio em virtude da natureza contraditória dessa data, onde justamente no dia em que os baianos se dedicariam ao trabalho é feriado. No entanto, houveram tantas manifestações de apoio, que foi impossível a polícia conter a massa de milhões que seguiam atrás de diversos carros de trio elétrico. Diante do movimento organizado, o então governador, Antônio Carlos Magalhães promulgou a data como o dia do descanso em todo o estado da Bahia.





Dia do Trabalhador em Portugal

1º de Maio na cidade do Porto

Em Portugal, só a partir de Maio de 1974 (o ano da revolução do 25 de Abril) é que se voltou a comemorar livremente o Primeiro de Maio e este passou a ser feriado. Durante a ditadura do Estado Novo, a comemoração deste dia era reprimida pela polícia. O Dia Mundial dos Trabalhadores é comemorado por todo o país, sobretudo com manifestações, comícios e festas de caráter reivindicativo, promovidas pela central sindical CGTP-Intersindical (Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical) nas principais cidades de Lisboa e Porto, assim como pela central sindical UGT (União Geral dos Trabalhadores). No Algarve, é costume a população fazer pic-nics e são organizadas algumas festas na região.



Dia do Trabalhador em Moçambique

Durante o período colonial (até 1975), os moçambicanos estavam proibidos de celebrar o 1º de Maio em virtude da natureza repressiva do regime colonial português. No entanto, houve manifestações de trabalhadores moçambicanos, em particular em Lourenço Marques (atual Maputo), contra o modo de relações laborais existente naquele período.
Após a Independência Nacional, o Dia do Trabalhador é celebrado anualmente, e com o passar dos anos, com as reformas políticas, econômicas e sociais que o país sofreu a partir de finais da década de 80, registrou-se um crescimento do movimento sindical em Moçambique. A primeira instituição sindical no país foi a Organização dos Trabalhadores Moçambicanos (OTM), que veio depois a impulsionar o surgimento de novos movimentos sindicais, cada vez mais específicos de acordo com os sectores de atividade.

Receitas Super Chef: Paella Valenciana

Olá leitores e leitoras!

Que tal darmos uma passadinha logo ali, na Espanha, esta semana?
A paella, para quem não sabe, é um prato à base de arroz, típico da gastronomia popular espanhola, oriunda da região de Valência e data dos idos dos séculos XV e XVI, segundo registros da época. 

O mesmo prato em Portugal é nomeado por Arroz à Valenciana, por este motivo. Surgiu das mãos dos camponeses que partiam para o campo com a paellera ou paella, arroz, azeite e sal e agregavam ingredientes da caça, legumes da estação e as sobras que possuíam. 
O tomate só foi acrescentado posteriormente, trazido da América por Cristóvão Colombo, e o frango, que era muito caro para os padrões da época. 


Gastronomia também é cultura, antes de ser um belo e saboroso prato! Vamos a receita:





Paella Valenciana



Ingredientes:


10 colheres (sopa) de azeite extra-virgem
10 dentes de alho fresco, grandes e picadinhos
1 cebola grande bem picadinha
1/2 kg de peito de frango picado em cubos médios
500g de lula fresca e limpa, cortada em anéis
500g de polvo
500kg de mexilhão sem casca
10 mexilhões grandes e com casca
1/2 kg de camarão médio sem cascas
06 camarões rosa médios
06 camarões-pistola grandes
06 lagostins para decorar o prato
1/2 kg de arroz parboilizado
1 litro de água
1 pitada de pimenta do reino ralada no momento de uso
3 tomates vermelhos, sem pele, picados
1 pimentão pequeno, de cada categoria, cortado em tiras: amarelo, verde e vermelho
1 colher (café) bem rasinha de Açafrão
1 litro de caldo de frutos do mar (receita abaixo)
Sal a gosto
1 folha de louro (opcional)
1 cálice de vinho branco
Cheiro verde picadinho
Fatias de limão (opcional)

Modo de fazer:

Cozinhe o mexilhão sem casca, mexilhão com casca, camarões rosa, lagostins e o polvo por uns 10min, e reserve-os junto com a água do cozimento que resulta no caldo de frutos do mar. Já na panela que irá servir a paella, doure a cebola e alho no azeite e coloque os cubos de frango cru e não temperado. Adicione a lula, polvo já cozido, mexilhões sem casca, sal, pimenta-do-reino e refogue. Acrescente o arroz, a água, camarões médios sem casca, tomates, pimentões, misture tudo e deixe cozinhar. Quando estiver quase seco, acrescente o açafrão, vinho branco e o caldo de frutos do mar, mexa, tampe a panela e deixe continuar o cozimento. A parte grelhe os camarões-pistola para a decoração da paella. Quando a paella estiver quase seca, disponha os lagostins, camarões-pistola grelhados, e os mexilhões cozidos dentro da casca. Regue com um fio de azeite, pulverize a cheiro verde e agora é só se deliciar com esta maravilha de prato completo! Bom apetite!


Uma semana de muita sorte, saúde, sol e sucesso para todos vocês e até a próxima edição!





Shirley Santos é Gestora Gastronômica e diretora do Buffet Shirley Santos - Atelier Gastronômico
Consultora de Marketing Empresarial e Gastronômico da
Marketnews Planejamento e Marketing Gastronômico (M/PMG.H),
Escritora e Blogueira
e-mail:shirleysantos88@hotmail.com